Redução de custos é a palavra-chave para os empresários



O empresário no Brasil passa por momentos bem complicados. Além de ter de enfrentar uma retração em diversos segmentos que fazem os lucros diminuírem, os gastos comuns e impostos só aumentam. 



Sabemos que o aperto econômico está sendo necessário para o país não quebrar. Por esse motivo, é importante saber lidar com todas essas adversidades. É preciso se manter firme, mesmo no meio desse temporal.                                                     

A lista de passivos é extensa. Para as pequenas e médias, estima-se custos de mais de R$ 3 mil mensais. Envolve o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), a água, a luz, a secretária para anotar recados, a manutenção regular dos móveis, a limpeza semanal, o próprio aluguel e o condomínio que varia bastante de um lugar para o outro. 

O receio é um sentimento latente, pois há sempre o medo de não se conseguir pagar todas as dívidas.

Para quem tem um empreendimento, a palavra do momento é o corte de despesas. E para quem está iniciando, é fundamental saber muito bem onde dá os seus primeiros passos. Caso contrário, irá ter de se conformar observando o capital escoando para outros fins. 



Por isso, é preciso avaliar muito bem no que investir. É fundamental observar quais são as prioridades. Deve-se saber muito bem diferenciar o que é investimento e o que é gasto. Muitas empresas buscam conscientizar seus funcionários sobre a necessidade de se mudar determinadas atitudes em prol da saúde financeira da instituição. 

Porém, isso nem sempre significa cortes radicais, mas, sim, a busca de outras soluções.




Na outra semana vamos falar sobre algumas sugestões simples. 



Então, não perca o próximo artigo!



Escritório Virtual Brasil
Tenha um escritório equipado com custo reduzido e com toda comodidade, praticidade e funcionalidade, instalado no centro comercial e financeiro do Rio de Janeiro.
http://www.virtualbrasilrj.com.br/

Deixe um comentário